Seja para curtir em casal ou família, o lazer é uma das partes fundamentais da vida do ser humano. E convenhamos que não tem nada mais gostoso do que curtir esse momento através de uma viagem! Conhecer novos lugares, novas pessoas e uma cultura diferente é uma sensação maravilhosa. Se a grana está curta, mas você deseja fazer uma viagem mesmo assim, dá uma olhada nas 5 dicas bem simples e práticas para viajar sem comprometer o seu orçamento doméstico.

  1. É possível conseguir uma hospedagem barata!

A tecnologia chegou para nos ajudar em muita coisa. E uma que se destaca, e todo mundo ama, são as possibilidades de economizar em praticamente quase tudo. Para quem planeja viajar é possível encontrar alguns sites que ajudam a conseguir uma hospedagem mais em conta.

Se você pensa em se hospedar em hotéis ou pousadas, acesse o site do booking e procure a cidade de destino para ver as ofertas que estão rolando. Também é possível fazer a reserva pelo próprio site! Outra opção é o Airbnb, uma excelente plataforma para alugar casas, apartamentos, quarto inteiro e quarto compartilhado diretamente com o proprietário!

  1. Faça um bom planejamento

Planejar-se bem e com muito cuidado pode evitar muitas furadas e contratempos na viagem. E geralmente, contratempo é sinônimo de gasto extra. Não tem segredo: pesquise passagens áreas mais baratas, hospedagens acessíveis e restaurantes bons e baratos. Pesquise também quais épocas do ano são mais baratas para viajar.

Para quem quer fazer uma viagem mais econômica, o planejamento é um fator decisivo e fundamental para tornar o seu descanso só alegria!

  1. Deixe o luxo de lado

Tudo bem que muitas pessoas gostam de se hospedar em um hotel luxuoso ou comer bem em um restaurante famoso, mas em uma viagem vale muito mais a pena aproveitar para experimentar a comida regional em locais mais acessíveis, como restaurantes caseiros e barracas de comida.

Além de poupar muito dinheiro, a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o seu destino por meio da gastronomia é uma das coisas mais legais na viagem.

  1. Pontos turísticos e atrações gratuitas

Quem disse que é preciso visitar todos os parques, museus e exposições? Converse com as pessoas locais e descubra quais são atrações mais interessantes e acessíveis para se conhecer. Entenda: conhecer tudo o que está no seu guia pode custar caro para a sua viagem.

Outra dica é visitar atrações turísticas gratuitas. Pode não parecer verdade, mas é possível encontrar diversas atrações em cidades turísticas sem tirar nada do bolso.

  1. Pense na alta e baixa temporada do seu destino

Essa é uma questão que a maioria dos viajantes deixa passar. Os custos de passagens aéreas, hospedagens e até mesmo restaurantes costumam disparar nas altas temporadas. Com o destino definido em mãos, pesquise em sites qual é o período de baixa temporada e programe-se. Tenho certeza de que você conseguirá ótimas ofertas!

E aí? Já escolheu o seu destino e quando vai viajar? Deixe o seu comentário e cadastro em nossa newsletter para receber mais dicas como essa!