Saúde e qualidade de vida!

Busque por qualidade de vida para conviver com a asma! Para isso, é necessário um tratamento adequado para prevenir ou aliviar os sintomas. Quem sofre com a doença respiratória sabe que deve aumentar os cuidados com a saúde com a chegada do inverno.

A asma está entre as doenças crônicas mais comuns no mundo e pode ocorrer em pessoas de qualquer idade. Mas, normalmente, com o acompanhamento médico é possível ajudar a evitar as crises asmáticas. Saiba que você é o principal agente para o sucesso do seu tratamento!

 

O que é a asma?

A asma é uma doença crônica que provoca inflamação das vias aéreas. Com o estreitamento dos brônquios, a passagem do ar fica prejudicada. Ela pode ser causada por características hereditárias, mas isso não significa que o filho de pessoa asmática também terá a doença.

A maioria dos casos é diagnosticado já na infância, o que deixa muitos pais angustiados ao ver a dificuldade de respirar de seus pequenos. Mas, a doença pode se manifestar também na fase adulta. Estima-se que a asma afeta 10% das crianças e 6% dos adultos.

Causas da doença respiratória:

A crise asmática pode ser provocada por vários fatores. A pessoa precisa observar o que costuma provocar a sua crise para saber melhor como se prevenir.  Entre os fatores desencadeantes mais comuns estão:

  • Poeira,
  • Pêlos e penas de animais,
  • Agentes alérgenos,
  • Fumaça de cigarro,
  • Cheiros fortes,
  • Infecções provocadas por vírus,
  • Mudanças bruscas de temperatura
  • Fatores emocionais.

Em nossa casa conseguimos ter um controle melhor destes agentes desencadeantes. Porém, muitas vezes não ocorre o mesmo no ambiente do trabalho. Com isso a pessoa com a asma ocupacional deve ser afastada das atividades, devido a substâncias presentes no local.

Diagnóstico

O diagnóstico da asma baseia-se no exame físico e na história clínica do paciente. O médico deve ser informado sobre a intensidade e frequência das crises para saber melhor como intervir.  Normalmente, o diagnóstico costuma ser mais difícil nas mulheres em fase de amamentação e nas pessoas idosas.

Sintomas

Os sintomas mais comuns são a falta de ar, tosse e chiado no peito. A sensação de aperto no peito pode indicar, aliás, a asma noturna. Já a intensidade e frequência podem variar de acordo com cada pessoa.

 

Tratamento

Além de identificar os desencadeantes das crises, é preciso seguir a prescrição médica e aprender a reconhecer os períodos mais críticos.  Para o tratamento podem ser indicados medicamentos para aliviar os sintomas e os medicamentos preventivos para evitar as crises.

Como a asma é uma doenças das vias aéreas, costuma-se se dar preferência aos medicamentos usados por via inalatória, como as “bombinhas”, soluções para inalação ou inaladores de pó seco.

Asma na gravidez

As manifestações da doença costumam se acentuar ao longo da gestação e do puerpério. Devido a isso, o clínico e o obstetra devem trabalhar em conjunto para atender a paciente e oferecer bem estar à mamãe e ao bebê.

Atividade física

A pessoa com asma pode praticar atividades físicas, desde que respeite sua tolerância em relação à intensidade. Para isso é necessário uma avaliação médica.

Dicas e recomendações

  • Tomar os medicamentos corretamente;
  • Compreender as diferenças entre o alívio imediato da crise e o tratamento preventivo a longo prazo;
  • Evitar fatores desencadeantes;
  • Monitorar o estado da sua asma, reconhecer os sintomas;
  • Reconhecer os sinais de agravamento e tomar as medidas necessárias para procurar a ajuda médica adequada.

Qual médico devo procurar?

Pneumologista: Trata doenças do trato respiratório.

Pediatra: Fornece atendimento médico para bebês, crianças e adolescentes.

Clínico geral: Previne, diagnostica e trata doenças.

Fisioterapeuta respiratório: Trata e fornece cuidados de emergência a pacientes com dificuldades para respirar.

Quer saber mais sobre as doenças respiratórias? 

Para esclarecer todas as dúvidas sobre as doenças respiratórias, preparamos um conteúdo especial.  Faça aqui o download do eBook!


 

Marque agora a sua consulta!

Ligue para o telefone (31) 3360-9044 e agende a sua consulta com a Vizar! Atendemos em Belo Horizonte e região metropolitana.

Não possui o cartão Vizar Beta ainda? Não perca tempo e garanta o seu cadastro gratuito: clique aqui!

Fonte: Albert Einstein

 

20 de abril, 2018|

Cadastre-se em nossa newsletter.

Receba dicas, novidades e muito mais: