Não se sinta especial: de acordo com a Academia Americana da Medicina do Sono, 30% dos adultos possuem sintomas recorrentes de insônia. Seja crônico, quando se manifesta pelo menos três vezes por semana, por três meses seguidos, ou agudo, quando possui relação com algum conflito emocional como stress, depressão e ansiedade, a insônia é mais comum do que você pode imaginar!

Se você sofre de insônia, a melhor dica é realmente procurar um médico para verificar o estado e as causas desse mal. Mas enquanto você não resolve, algumas dicas podem te ajudar muito a vencer a insônia. Confira as recomendações que preparamos para você dormir bem melhor!

Deixe o corpo preparado antes de dormir

Que tal escutar uma música relaxante? Até mesmo tomar um banho quentinho? Veja o seguinte: nosso corpo precisa entender que o momento de dormir chegou, por isso podemos usar algumas táticas para deixá-lo o mais relaxado possível para evitar a insônia. Você pode complementar essas dicas tomando um chá com propriedades calmantes, como o chá verde ou preto, por exemplo.

Outro conselho fundamental é educar o seu corpo em relação aos horários para dormir e acordar, já que o nosso corpo trabalha com ritmos. Esse conselho deve ser seguido também nos finais de semana, ok?

Evite tudo o que possa te distrair antes de dormir

Aquela velha máxima de que assistir TV antes de dormir faz com que o sono chegue é pura lenda. A claridade da TV, mesmo que artificial, dá o falso recado para o nosso cérebro de que ainda é dia. Com isso, o cérebro deixa de estimular a secreção de melatonina, hormônio responsável pelo sono.

Para fugir da insônia também é importante deixar de navegar pela internet e muito menos jogar online. Quando navegamos pelas redes sociais ou jogamos, o nosso interesse é despertado e o sono fica cada vez mais distante. Então, o legal é estabelecer um limite de horário antes de ir para a cama!

Nada de bebidas e alimentos estimulantes

Conheça as bebidas e alimentos que são os grandes amigos da insônia: refrigerantes, chocolate, pimenta, café e alguns tipos de chá. Como essas bebidas e comidas estimulam nosso sistema nervoso central, o organismo passa a ficar em estado de alerta.

Isso não significa que você deve deixar seu consumo de lado! A questão é que se você tem tendência à insônia e costuma ingerir algumas dessas bebidas ou alimentos, o ideal é evitar o consumo após as 16 horas, assim dá tempo de os efeitos estimulantes passarem.

Consuma alimentos que combatem a insônia

Alimentos ricos em triptofano, vitamina B6, vitamina C, magnésio e carboidratos complexos são importantes para combater a insônia e favorecer o sono. Conheça alguns alimentos que contêm essas propriedades:

– Coxa de peru, carne de vitela, salmão, leite, queijo branco e tomate;
– Cenoura, cebola, kiwi, levedura de cerveja, banana, atum e azeite;
– Acerola, laranja, limão, aspargos, acelga, morango, kiwi e melão;
– Alho, banana, nozes, ameixa seca e pão integral;
– Macarrão, arroz integral, batata e feijão.

Evite pensar nas preocupações do dia a dia antes de dormir

As preocupações decorrentes do trabalho, ou até mesmo das responsabilidades em casa podem causar ansiedade e contribuir para o surgimento da insônia. Ficar “martelando” os problemas antes de dormir é péssimo para quem busca uma noite de sono tranquila. Relaxe a mente, fique tranquilo e descanse bem!

Em alguns casos, praticar atividades físicas pode ajudar a combater a insônia, uma vez que relaxa o corpo por meio das endorfinas.

Gostou do nosso artigo e quer receber mais matérias enriquecedoras como esta? Assine nossa newsletter.