Não se trata apenas da saúde de uma só pessoa e os riscos à saúde da gestante podem interferir severamente na formação do feto, além de acarretar problemas de saúde irreversíveis para o bebê.

Então, para que você evite ao máximo esse risco, compilamos uma série de informações sobre como cuidar da saúde antes, durante e até mesmo após a gravidez. Confira!

Cuidados com a saúde antes

O corpo feminino é o templo da gestação. É preciso cuidar previamente dele para que seu organismo esteja bem preparado para esse momento importante. Por isso é importante e recomendável adotar uma série de dicas para que tudo transcorra perfeitamente.  A seguir, relacionamos as principais:

Viste um ginecologista

As consultas de rotina ao ginecologista nem sempre espreitam o desejo da mulher à maternidade. Por isso, é importante fazer uma visita ao seu médico especificamente para tratar do preparo do seu corpo para a maternidade. O médico poderá dizer, por exemplo, que ainda não é o momento mais adequado. Ou, ainda, que você precisa reduzir seu peso ou tratar de alguma enfermidade antes de partir para o próximo passo.

Coloque as vacinas em dia

Colocar o cartão de vacinas em dia é uma das melhores formas para evitar problemas ao bebê. Por exemplo, se imunizar contra a rubéola previne que a gestante contraia esta doença, que normalmente gera sequelas aos fetos.

Mantenha o peso adequado

Devido ao medo de ganhar muito peso durante a gravidez, muitas mulheres passam por um processo de emagrecimento drástico antes de engravidar. Seu corpo pode até ficar lindo, mas a sua saúde certamente se prejudicará e você poderá gerar problemas para o bebê. O importante é manter o peso ideal, nem mais e nem menos.

Elimine o tabaco e o álcool

Essa dica é a básica das básicas. Da mesma forma que direção não combina com álcool, gravidez também não. E essas drogas prejudicam o desenvolvimento da criança, além de aumentar consideravelmente o risco de partos prematuros ou causar danos irreversíveis à saúde do bebê. Você quer isso para o seu filho?

Faça um check-up na boca

Pouca gente se lembra disso, mas fazer uma revisão na saúde da boca e dos dentes é uma forma de evitar transtornos durante a gravidez. Imagine só você enjoada na cadeira do dentista. Melhor não correr este risco.

No mais, siga todas as orientações do seu médico.

Atenção à saúde durante

Durante a gestação, a responsabilidade da mulher aumenta muito. Afinal, é possível afirmar que a qualidade da gravidez depende quase totalmente da mãe. Por isso, ao engravidar, você precisa ter consciência disto e tomar diversos cuidados para manter a sua saúde em dia e garantir a do seu bebê. Entre esses cuidados, podemos citar:

Não menospreze o pré-natal

Primeiro passo de qualquer gestante. Você deve fazer o acompanhamento pré-natal rigorosamente. É neste momento que a equipe médica irá avaliar o desenvolvimento do feto e determinar ações para que a saúde do bebê seja ainda melhor quando ele nascer. Um exemplo disto é a possibilidade de identificar possíveis doenças, como a Síndrome de Down, ou até complicações que podem ser contornadas.

Capriche na alimentação

E não estamos falando de comer muito e sempre que tiver desejos. Mas se alimentar bem, consumindo todos os nutrientes recomendados pelos médicos. Nutricionistas recomendam a ingestão de proteína animal e vegetal, vegetais verde-escuros, peixes como sardinha, atum e salmão, frutas, cereais integrais, legumes e vegetais. O freio deve ser usado no consumo de sal, frituras, doces, cafeína, refrigerantes, embutidos e enlatados. Nem precisamos falar da ingestão de álcool. Temos certeza de que você não quer uma SAF para o seu bebê.

Exercite-se com cuidado

Nada de sedentarismo! Ficar parada não é bom. Seu corpo é um organismo vivo, sofrendo mudanças consideráveis durante a gravidez. Então, é muito importante a prática de exercícios específicos para gestantes, como os propostos pelo Pilates. Tudo sem exageros e procurando manter frequência.

Além disso, visite regularmente o médico e siga todas as suas orientações.

Práticas saudáveis para o pós-parto

Apesar de muitas mulheres acreditarem que podem chutar o pau da barraca após o parto, é preciso manter os cuidados com a saúde da mamãe e do bebê. Uma boa alimentação, carinho e acompanhamento médico são fundamentais. Uma das coisas que exige a necessidade de ficar atento é sobre a depressão pós-parto, que acontece devido às alterações hormonais. Muitas vezes ela pode deixar a mamãe triste, desanimada e sem estímulo, mas em casos mais graves, pode levar à morte.

Além disso, a mamãe também tem que ficar atenta à saúde do bebê, por isso, o período de amamentação é muito importante. Então, preste bastante atenção:

Mantenha-se atenta à dieta

Muito do que a mãe ingere ainda é passado para a criança, mas agora através do leite materno. Por isso, as mulheres que tiveram filhos não podem ceder aos exageros alimentares. Capriche nos líquidos, como as águas aromatizadas!

Tenha cuidados extras com a saúde íntima

Pois é. Esta é outra dica que muita mulher desconhece, mas é preciso ter uma atenção maior com a saúde íntima. Recomenda-se o uso de absorvente genital pós-parto, com troca frequente, principalmente se o parto foi normal. Isso porque é muito provável que você tenha uma secreção genital sanguinolenta nos primeiros dias. Após 10 dias, ela tende a ficar amarelada e desaparece com até 8 semanas.

Não se preocupe com as dores

Mesmo após o parto, é comum que o útero continue a se contrair para evitar o sangramento excessivo. Contudo, em algumas mulheres, essas contrações pós-parto causam dor e podem ficar mais evidentes durante a amamentação. No entanto, isso pode ser facilmente resolvido com medicação indicada pelo seu médico.

Por fim, não se esqueça das orientações do obstetra.

A importância de cuidar da saúde na gravidez

Como você pode ver, o processo de gravidez causa mudanças drásticas no corpo da mulher. A falta de informação pode causar muita preocupação em alguns momentos e pode até ser arriscada. Mas é fundamental que todas as futuras mamães entendam a importância de cuidar da saúde na gravidez, seja antes, durante ou após o parto. Por isso, leia bastante, questione muito seu médico e sempre siga as recomendações dele.

Além disso, curta a nossa página no Facebook e nos siga no Instagram para receber outras informações importantes para você, mulher, e para seus filhos.