Você sabia que descobrir doenças em estágio inicial aumenta as chances de cura em 90%? É como diz aquele velho ditado, prevenir é melhor que remediar.

Quando o assunto é saúde, não há melhor maneira de fazer isso, do que realizando exames de rotina. Esses exames devem considerar, o seu sexo, sua idade, condição de saúde e o seu histórico familiar, pois, cada indivíduo está inserido em um determinado grupo, com maior ou menor propensão para determinadas doenças.

A realização de exames de rotina é importante não apenas para aumentar as chances de cura, mas também para melhorar a qualidade de vida e o bem-estar. O que muitas vezes ocorre, é que os sintomas são deixados de lado por puro comodismo. E ninguém merece passar a vida se sentindo incomodado, não é? Por isso, selecionamos aqui alguns exames de rotina que podem te ajudar a manter a saúde em dia, deixando sua vida mais leve e prazerosa. Confira!

Exames_rotina

Exames Cardiovasculares

Principal causa de morte em todo mundo, as doenças cardiovasculares merecem ser acompanhadas com muita atenção e cuidado. Especialmente, aqueles pacientes que estão em grupos de risco, como os que têm diabetes, hipertensão, ou históricos de infarto na família.

Salvo algumas exceções, as doenças cardiovasculares geralmente são reflexo de uma vida desregrada, com comportamentos e hábitos nocivos tanto em relação à alimentação, quanto as atividades físicas ou ao uso abusivo de álcool e tabaco.

Para garantir que o coração esteja sempre com a saúde em dia, é importante aferir a pressão periodicamente e realizar exames como o eletrocardiograma e o ecocardiograma, que verificarão a frequência cardíaca e a morfologia do órgão, revelando possíveis falhas ou deformações.

Além disso, é importante fazer um teste ergométrico para avaliar o comportamento da pressão, com a atividade física e também exames de sangue para detectar os índices de colesterol, glicemia, creatinina e ácido úrico no organismo.

Exames preventivos femininos

Um check-up anual é fundamental para prevenir doenças que afetam especialmente as mulheres. Alguns exames preventivos não podem ficar de fora dessa lista, como o exame pélvico e da mama. Feito de forma visual no próprio consultório ginecológico ele é utilizado para detectar anormalidades nos seios, no colo do útero ou mesmo nos ovários e nas trompas. Além dele, há também o Papanicolau, a Colposcopia e a mamografia.

O médico ginecologista é quem pode orientar a paciente sobre a periodicidade mais adequada para a realização de cada exame, de acordo com a faixa etária e o histórico familiar. Vale lembrar que o câncer de mama é a segunda maior causa de morte entre as mulheres e detectar doenças, antes que os primeiros sintomas apareçam, é importante para aumentar a efetividade do tratamento.

Exames preventivos masculinos

De acordo com o Ministério da Saúde, 31% dos homens não tem o hábito de ir ao médico. Desses, 55% afirmam não precisarem. Com esse comportamento, os homens acabam chegando aos consultórios com quadros clínicos muito mais complexos, do que se tivessem se tratado preventivamente, reduzindo assim as chances de tratamento.

Apesar de serem menos divulgados, os exames de rotina exclusivamente voltados para os homens também são importantes e contribuem para evitar uma série de doenças. O exame de próstata é um deles. Infelizmente, ele ainda é visto com muito preconceito, especialmente pelos próprios homens, porém, isso não pode ser um empecilho. O recomendado é que o exame seja realizado anualmente por homens com mais de 45 anos.

Para detectar doenças sexualmente transmissíveis

Por mais que você se previna, todas as pessoas sexualmente ativas estão sujeitas a adquirir doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Se você pensa que está imune apenas porque é casado ou está em um relacionamento estável, temos uma má notícia para te dar: As DSTs são doenças muito democráticas e não escolhem sexo, cor, raça ou orientação sexual. Portanto, é preciso checar sua saúde periodicamente.

Por isso, esses exames aparecem no topo da lista das prioridades, tanto para homens quanto para mulheres. A AIDS, assim como outras DSTs, pode permanecer por anos no organismo sem se manifestar. Então, é importante realizar esses exames regularmente para garantir que está tudo certo. No caso das mulheres, além do exame de sangue e urina, o mais indicado é realizar o Papanicolau, para checar a existência de HPV ou câncer de colo de útero.

Torne o cuidado com a saúde um hábito! Faça exames de rotina periodicamente, com a orientação do seu médico. Se você ainda não tem esse hábito, mas pretende adotá-lo nesse novo ano, saiba que a Vizar pode ajudar. Com a Vizar Beta você pode ter descontos incríveis em consultas e exames! Inscreva-se GRATUITAMENTE e participe!