Porém, a matemática para garantir maior economia dentro de casa é bem simples: gastar menos do que ganha. Atualmente, diversos aplicativos ajudam a manter as finanças pessoais em dia, porém é preciso mais do que isso para economizar no orçamento doméstico. Toda a família precisa ter a consciência de que é importante economizar para garantir a harmonia da casa.

Para te ajudar no orçamento de sua casa, preparamos um guia definitivo para você administrar o seu lar com mais tranquilidade e segurança. Confira agora!

Anote todos os seus gastos

A dica é bastante simples e não tem muito segredo. Anote todos os seus gastos, por menor que seja, em uma planilha. Se desejar, você pode baixar algum aplicativo para organizar suas finanças pessoais e contribuir mais ainda com o seu planejamento.

Renda x Aluguel e Condomínio

O ideal é usar no máximo 1/3 da renda para gastos com moradia, para que não possa pesar tanto no seu orçamento. Se puder, faça um fundo de reserva para eventuais imprevistos ou até mesmo para uma possível reforma futuramente.

guia definitivo para economizar no orçamento doméstico - rendaxaluguel2

Economize água

Além da questão do meio ambiente, economizar água vai te ajudar bastante no seu orçamento. Dicas simples, como otimizar o tempo no banho, desligar a torneira ao lavar as mãos, fazer a barba ou escovar os dentes, e procurar por vazamentos farão toda a diferença na sua conta!

Reduza o consumo de energia

Alguns eletrodomésticos consomem menos energia, sendo aqueles com o selo tipo “A” considerados os mais econômicos. É importante também que você apague a luz quando não estiver no cômodo, não deixe TV’s ou computadores ligados caso não esteja usando, e escolha lâmpadas LED ao contrário das comuns. Neste post, você poderá conferir algumas dicas de sustentabilidade que farão você economizar muito em sua casa!

Economia também nas compras

Antes de ir ao supermercado ou à feira, faça uma lista do que você realmente precisa. Assim, você evita comprar coisas desnecessárias ou por impulso.

Outra dica preciosa é não fazer compras com fome. Quando vamos ao supermercado com fome, a chance de levar guloseimas além do necessário será bem maior.

Pense no transporte

Pense o seguinte: ir de carro para o trabalho é mais econômico? É claro que existe o conforto, mas o que você gasta, por mês, contando a gasolina e o desgaste do carro, vale mais a pena do que ir de ônibus? Calcule a quilometragem e veja se realmente compensa!

 

Avalie os gastos com lazer

Todo mundo merece divertir, principalmente depois de uma semana de muito estudo e trabalho, mas analise os seus gastos com lazer. Museus, parques, academias ao ar livre, atividades culturais, ou qualquer atividade gratuita são ótimas alternativas para você economizar.

Tente comprar sempre à vista

Por mais que pareça atraente dividir o produto tão desejado pagando 5 parcelas de 50 reais, por exemplo, a maioria das pessoas não têm consciência de que na verdade você está pagando 250 reais. Além disso, é comum as pessoas comprarem diversos produtos e dividir o valor de todas as compras, olhando apenas a parcela de cada um. A dica é tentar comprar à vista, para evitar dívidas em longo prazo. Diversas lojas também oferecem descontos para as compras à vista.

Já deu para perceber que a economia está nos mínimos detalhes e que basta calcular cada gasto para ter sucesso na economia do seu orçamento doméstico. Gostou do artigo ou quer acrescentar mais dicas? Deixe seu comentário abaixo!