O que a gente não fala, o corpo sente! Veja como melhorar o seu bem estar!

Imagine a seguinte situação: Você está sentindo um desânimo e uma tristeza sem motivo aparente que não passa. Começa a recusar convites de amigos para sair e prefere passar os dias mais isolados. Sua família diz que você precisa sair da cama e parar de frescura, mas você não consegue. Pois é…as doenças psíquicas ainda são vistas com muito preconceito, o que dificulta a procura do paciente por um médico especializado, o psiquiatra.

Assim como qualquer outra doença física, os transtornos psiquiátricos precisam ser tratados com cuidado e atenção. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a OMS, uma em cada quatro pessoas será afetada por problemas mentais e neurológicos ao longo da vida.

Se esse é um problema tão comum, que acomete tantas pessoas e é tão fatal quanto qualquer outra doença, porque não merece ser tratado com a mesma atenção? A seguir, selecionamos alguns sinais que revelam a necessidade da busca por um tratamento com um psiquiatra. Confira!

  1. Oscilação de Humor

Uma das principais razões para que as pessoas não levem à sério os sintomas dos transtornos psíquicos é a convicção de que “as coisas são assim mesmo”, e “é normal se sentir triste”. Sim, a vida é feita de altos e baixos, porém, se a tristeza e as oscilações de humor são contínuas e duradouras, é porque há algo de errado conosco.

Mais de 90% dos casos de suicídio registrados pelo mundo, segundo a OMS, estão associados a distúrbios mentais, como a depressão ou ansiedade. Muitas vezes a própria pessoa ou os familiares não dão a devida atenção a seriedade da doença ou não sabem como ajudar. Por isso a importância de se buscar por um especialista para saber melhor como intervir.

Quando estão relacionadas a algum transtorno, como a bipolaridade, as oscilações de humor são bem características. Nestes casos, a pessoa alterna entre um estado de euforia exagerada e de depressão profunda. Nas situações de euforia, ela pode agir de maneira irresponsável, seja fazendo compras indesejadas ou com comportamentos promíscuos que põe em risco sua segurança física. Esse é um sinal importante e que indica a necessidade de buscar por um psiquiatra.

  1. Pensamentos negativos

Se sentir mal consigo mesmo uma vez ou outra na vida é normal. Mas se os pensamentos negativos começam a ser frequentes no dia-a-dia e interfere nas atividades diárias é bom procurar por ajuda.

Nem sempre é fácil identificar uma depressão ou a sua gravidade. Muitas vezes a tristeza vai tomando conta dos dias e o ânimo para fazer qualquer coisa é cada vez mais difícil. Não adianta alguém falar para a pessoa se levantar e sair da cama, pois as coisas não são tão simples assim. A doença, infelizmente, é ser taxada por alguns como frescura e preguiça, e a pessoa que está com o quadro depressivo se sente sem apoio.

A autolesão ocorre, em alguns casos, como uma válvula de escape. É a maneira que a pessoa encontra de expressar seus sentimentos, enfrentar os problemas e lidar com a tristeza, com a raiva ou com a frustração. Essa válvula de escape depende de cada pessoa, em alguns casos pode ser a comida. Portanto, o diagnóstico e o tratamento requer a orientação de um psquiatra para que a pessoa reencontre seu prazer pela vida.

  1. Dores inexplicáveis no corpo

Se você sente dores sem causa aparente, seja um incômodo intestinal ou uma dor de cabeça que nunca vai embora, fique atento: a sua saúde mental pode estar mandando avisos através do seu corpo. A dor funciona como uma espécie de mensageiro e indica que algo não vai bem no seu organismo.

Se, depois de checadas as causas físicas, não houver nenhuma razão para aquela dor, é provável que ela seja psicossomática, ou seja, fruto de alguma questão emocional. Isso reafirma outra vez a importância de ouvir os sinais do corpo. As doenças de fundo emocional precisam ter o mesmo peso de doenças físicas. Afinal, se não forem tratadas, elas podem se agravar a ponto de afetar fisicamente o paciente e ter consequências que podem prejudicar a vida pessoal e profissional.

  1. Memória fraca

A maioria dos problemas psiquiátricos afeta diretamente a capacidade cognitiva e de raciocínio, por isso, se a memória anda falhando com frequência é bom procurar por um especialista. Falta de concentração, esquecimento e dificuldade de tomar decisões também podem ser um alerta.

Lembre-se qualquer situação que prejudique a sua qualidade de vida ou que atrapalhe suas relações pessoais e profissionais merece ser investigada. O tratamento com um psiquiatra não pode e não deve ser motivo de constrangimento. Este é um especialista que trata de uma parte do corpo tão fundamental quanto qualquer outra. Não deixe que o preconceito te impeça de ter uma vida mais saudável e feliz!

Agende um psiquiatra com o Vizar Beta!

E aí, está precisando de uma ajuda para cuidar da sua saúde? O Vizar Beta oferece comodidade, qualidade e preços acessíveis para o agendamento de consultas. As 300 primeiras pessoas inscritas em nosso site ganham 3 meses de gratuidade.  Faça agora o seu cadastro!